sexta-feira, 31 de dezembro de 2010


FELIZ ANO TODO!!!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

E O SEU REINO NÃO TERÁ FIM

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” Isaias 9:6
Esta foi a palavra rhema liberada pelo profeta Isaias anunciando a vinda do Messias Salvador da humanidade. Quando esta verdade foi declarada ainda que no Antigo Testamento, Deus estava apontando para um milagre surpreendentemente maior do que o próprio profeta poderia dimensionar. Embora a morte e a ressurreição de Jesus tenha maior ênfase na obra da salvação, o nascimento tem também suma importância, pois foi o nascimento que permitiu o cumprimento da promessa. Mas há neste texto uma verdade intrínseca, subentendia e poderosa que pode mudar a percepção de qualquer homem natural que vier a compreendê-la. Quando Deus criou a Terra, fez também o homem à sua imagem e semelhança e o colocou sobre a terra para dominar, sujeitar e multiplicar. A intenção de Deus era através do homem colonizar a terra e isso seria feito à partir dos princípios do Reino de Deus. Deus como Rei desejava expandir o Reino na Terra através do homem. O que determina o poder de um rei é o tamanho do território que possui, por isso deu a Terra ao homem para implantar aqui o Seu Reino. Quando um rei coloniza um território tudo passa a ser regido à partir a cultura e os costumes que aquele rei possui. Deus desejava trazer o Seu Reino para a Terra através do homem. Quando Adão pecou não perdeu uma religião, mas perdeu um governo e impediu que o Rei prosseguisse com a colonização da Terra com os princípios do Reino de Deus. Hoje nós muitas vezes oramos sem sabedoria “Venha o Teu Reino e seja feita a Tua vontade”, na verdade quando declaramos isso é como se estivéssemos chamando de volta o governo de Deus sobre a Terra, desprezado por Adão. Mas se Adão perdeu esse governo, como o restabeleceremos? Através de Jesus Cristo isso é possível “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros”, o governo perdido por Adão estava sobre os ombros de Jesus Cristo encarnado e hoje, disponível a nós, porque Ele habita em nós. Deus deseja trazer o governo dos céus para a Terra através de nós. No céus não existe doença, miséria, tristeza, violência, morte, nenhuma das adversidades que experimentamos e é exatamente este governo que Deus deseja implantar sobre a Terra para que nós seus filhos possamos viver uma vida de completa abundância. Depende de nós! Sejamos seus colaboradores e que venha o Reino de Deus sobre a Terra!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O PODER É DE DEUS

“Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens.” Is 45.12
Deus na sua graça e sabedoria exerce poder, domínio e governo sobre toda a Terra. Por mais que muitos homens por sua arrogância e auto suficiência pensem que podem realizar algo sem que Deus se oponha, isso não é possível. Tudo está debaixo do controle de Deus e Ele exerce soberano o seu governo. Recebemos de Deus um poder ilimitado de fazer escolhas e decidir nosso destino, mas nunca decidiremos o destino de um povo, nação ou do mundo, porque assim como foi com Ester ainda é nos dias de hoje. Deus nos dá o direito de escolher e se escolhemos mal, Ele se encarrega de nos permitir colher o fruto da nossa semeadura, mas também levanta outro que seja obediente para realizar aquilo que Ele determinou. Observe que o governo de Deus é amplo e impossível de ser resistido. Na nossa inocência pensamos que podemos fazer escolhas certas independente da vontade de Deus, isso é ilusão. A única forma de vivermos a plenitude a promessa é submetermos nossas decisões à vontade de Deus e obedecermos sua instrução integralmente, mas se decidimos fazer de outra forma, colheremos os frutos da desobediência, pois os planos Dele nunca se frustrarão, porque certamente Ele levantará outro para realiza-lo. O poder de Deus é ilimitado e não está condicionado às bênçãos terrenas que o homem tanto almeja, isso para Deus é possível mas não é essencial, os planos de Deus são sempre maiores, para propósitos maiores, e incluem para toda a Terra. O livre arbítrio é o teste de Deus para descobrir o grau de maturidade dos seus servos, um servo maduro e experimentado nunca arrisca dar um passo sem que Deus aprove, mas o servo insensato despreza a voz de Deus e Sua Presença e nunca prosperará. Este é o tempo da definição e a sua escolha determinará o seu futuro. Por mais que o tempo passe e que tudo se transforme, Deus não muda, sua Palavra não muda e o que Ele disse se cumprirá. Seja abençoado!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

JESUS NASCEU A HUMANIDADE ESTA SALVA



A TODOS OS SEGUIDORES E VISTANTES
UM FELIZ NATAL E
UM PROSPERO ANO TODO!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

NÃO TENHO PALAVRAS PARA EXPRESSAR...

"Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor" Lm 3:26
Quantas vezes nos faltam palavras para descrever o que vai ao nosso coração. Deixamos de falar porque não encontramos as palavras certas e em outras é porque não sabemos mesmo o que dizer. Quando a dor é muito grande o silêncio é nosso companheiro, e na falta de palavras deixe que Deus ouça o que o silêncio fala. Deus trabalha no silêncio e realiza obras grandiosas enquanto se cala, nós devemos fazer o mesmo, emudecer nossa voz enquanto esperamos no Senhor. Quando estamos muito felizes, somos invadidos por uma torrente de palavras e a euforia do momento em que estamos vivendo, mas quando vivenciamos momentos de grandes vales as palavras nos são roubadas e para a dor não há uma descrição apropriada, somente uma lágrima talvez. O vale não é lugar de riso, mas em nenhum outro lugar Deus se revela de forma tão terna, e podemos ver sua face de Pai amoroso que cuida de nós. Desprezar o vale é também abrir mão da experiência no monte. O vale está no caminho que nos leva ao monte, é inevitável passar por ele, e experimentar a solidão, o silêncio e a incerteza e isso não é demonstração de fraqueza ou falta de fé, mas uma oportunidade de aprender a depender só de Deus. No vale os homens podem até desejar ajudar, mas nada será suficiente nem compreensível, nenhuma providencia humana poderá suprir o que só Deus pode realizar, o melhor a fazer é esperar em silêncio o agir de Deus. No vale há sombra, mas há também consolo, há lágrimas, mas a mão de Deus está estendida, há incertezas, mas Deus está lá trabalhando. Ele é Deus dos vales e Deus dos montes, espere Nele e aguarde sua provisão.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

SENHOR ME DÊ UM SINAL!

“Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo.” Jz 6:17
Quem já teve a oportunidade de viajar e trafegar por um tempo sob forte neblina sabe dizer o quanto é difícil confiar que adiante não será surpreendido por um obstáculo qualquer e até passar por infortúnios. Na vida espiritual existem momentos semelhantes que nos limitam a dar um passo de cada vez, e muitas vezes na dúvida se não seremos surpreendidos. A bem da verdade uma vez que o evangelho entra no nosso coração e passamos a ter um pouco mais de comunhão com Deus começamos a discernir que vivemos em duas dimensões, a natural e a sobrenatural. Embora pareça que são distintas, na verdade uma está diretamente ligada à outra de forma interdependente. A ascensão ou o declínio em uma delas pode afetar diretamente a outra e determinar inclusive o nível de comunhão que viveremos. Melhor seria que nossa vida espiritual sempre estivesse estável, ascendente e inabalável, mas até o melhor dos homens acaba um dia por experimentar o fracasso. E pensando de uma forma prática podemos concluir que o fracasso também faz parte do sucesso, pois nenhum homem que viveu, vive ou viverá conseguirá chegar ao sucesso sem experimentar o fracasso e os infortúnios da vida. Gideão não estava nada feliz quando foi abordado pelo anjo, na verdade ele estava se sentindo um “nada”. Por certo ele conhecia a promessa, os feitos e o poder de Deus, mas mesmo sabendo que tudo era verdade, o momento que estava vivendo o colocava num lugar de incertezas. Não penso que Gideão era incrédulo, nem que seu coração estava endurecido, mas penso que seus olhos estavam sob a forte neblina da tribulação diária, e ele não conseguia ver, ninguém conseguiria. Quando estamos trafegando em situações de risco, vemos as placas indicando que devemos diminuir a velocidade, aumentar a atenção e ligar os faróis, uma providência preventiva. Diminuir velocidade e aumentar a atenção para não sermos surpreendidos e termos tempo suficiente para tomar decisões, e acender os faróis para iluminar o caminho à frente. Mas se as nuvens são pesadas demais, a densidade da neblina é muito grande convém ligar o pisca-alerta, sinalizando que há uma situação de perigo. Gideão pediu isso ao anjo “um sinal”, ele pediu ao anjo: Sinalize para mim qual o caminho a seguir. Não sei qual é a sua situação hoje, mas na dúvida diminua a velocidade, aumente a atenção, acenda os faróis e se ainda assim não conseguir discernir, melhor pedir ao anjo que sinalize o caminho para você. Que Deus te abençoe

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

terça-feira, 30 de novembro de 2010

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

OVELHAS FORTES PARA O REINO

“Então separou Jacó os cordeiros, e pôs as faces do rebanho para os listrados, e todo o moreno entre o rebanho de Labão; e pôs o seu rebanho à parte, e não o pôs com o rebanho de Labão. E sucedia que cada vez que concebiam as ovelhas fortes, punha Jacó as varas nos canos, diante dos olhos do rebanho, para que concebessem diante das varas. Mas, quando era fraco o rebanho, não as punha. Assim as fracas eram de Labão, e as fortes de Jacó. E cresceu o homem em grande maneira, e teve muitos rebanhos, e servas, e servos, e camelos e jumentos.” Gn 30:40 a 43
Dentro de um mesmo rebanho haviam ovelhas fracas e ovelhas fortes e Jacó as apascentava. Trazendo esta verdade para uma realidade espiritual, fazendo referencia ao Salmo 23.1, no qual o Salmista se refere a Deus como nosso Pastor e a nós como ovelhas, podemos traduzir ovelhas fortes como aquelas nas quais podemos ter expectativas e fazer investimentos e aquelas que não são menos importantes ou capazes, mas menos interessadas e comprometidas, essas são as ovelhas fracas. Para mim não é difícil falar de ovelhas, pois no ministério sacerdotal convivemos diariamente com elas pessoas que são para nós ovelhas. Não podemos confundir ovelhas fracas, com pessoas carentes, necessitadas, pois estas são as que mais necessitam e precisam do cuidado pastoral. Mas quando Jacó estava definindo seu rebanho e estabelecendo suas metas, foi bastante cauteloso em cuidar e investir nas ovelhas fortes, aquelas que seriam potencialmente capazes de reproduzir e multiplicar o rebanho. Talvez pudéssemos dizer que ovelhas fortes são os adoradores que adoram em espírito e em verdade, na sua essência são fracos e desprovidos de força, mas no espírito são fortes porque são completamente dependentes de Deus, estes são potencialmente capazes de fazer diferença no Reino de Deus. No mesmo rebanho existem ovelhas brancas, malhadas e também ovelhas negras, diferentes, mas merecedoras da mesma atenção e cuidado. O pastor de ovelhas deve saber como lidar com a necessidade de cada uma delas, e inclusive administrar os conflitos criados na convivência no aprisco. É muito comum uma ovelha ferir a outra, numa disputa por direitos, nesta hora o pastor deverá saber se é hora de usar a vara ou o cajado, e depois o bálsamo que cura as feridas. Em alguns momentos será necessário tomar a ovelha no colo e lhe curar as feridas, em um outro momento lhe arrancar os carrapichos, mas também se preciso for lhe quebrar uma perninha para que ela aprenda a ser dependente e ser carregada no colo, da mesma forma como Deus faz conosco. A Bíblia nos ensina no Salmo 23.1 que “O Senhor é o nosso Pastor”, e Ele sabe como ninguém lidar com nossas fraquezas e fragilidades, mas também sabe fazer em nós investimentos para crescimento e desenvolvimento do Reino. A porta do aprisco está sempre aberta para quem quiser entrar, para as fortes Ele propõe desafios e conquistas, para as fracas que se tornem fortes, para isso faça hoje a sua escolha. Que Deus o abençoe!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

DEUS DISCERNE TUDO E QUEM DISCERNE DEUS?

“Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar” Ec 3:4
Salomão estende a sabedoria para todas as extremidades e busca respostas com afirmações e perguntas. Deus plantou no coração de Salomão uma semente de sabedoria que o fez grande entre os homens, despertou no seu coração o desejo de compreender coisas que nunca seriam reveladas a homens comuns, porque homens comuns não querem ir tão longe. Quando lemos o capítulo 3 de Eclesiastes dos versos 1 ao 11, podemos perceber não só uma constatação, mas também uma indagação e até uma indignação da parte de Salomão, por concluir que Deus revela sem revelar, mostra sem mostrar e Se apresenta a nós sem poder nunca ser totalmente discernido.
No verso 3 há uma narração poética de uma descoberta eterna, não muito aceita, mas fatal. Todos os homens ímpios ou justos, enquanto estiverem sobre a Terra se depararão mais hora, menos hora com alegrias e infortúnios, e para isso Salomão menciona o tempo como delimitador destas fases da vida. Não é uma palavra que agrada, mas é uma verdade imutável, Deus trabalha nosso caráter através das bênçãos, para saber até onde somos fiéis, e através das lutas para saber até onde somos perseverantes. O evangelho verdadeiro é aquele que provoca em nós temor e tremor, que nos traz a consciência de que ser de Cristo é perder para ganhar, dar para receber e morrer para viver. Há uma parte do evangelho que agrada mais, e podemos chamá-la de “as demais coisas vos serão acrescentadas” Mt 6:33b, mas essa parte é conseqüência de uma ordenança, para não dizer mandamento anterior “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça” Mt 6:33a, não há como negociar esta lei eterna. Nada do que for falado, escrito ou alegado, por quem quer que seja sobre a Terra poderá suplantar as verdades contidas na Bíblia. Nenhum homem por mais íntimo ou experimentado nas coisas espirituais poderá discernir Deus ou fazer com que Deus fale, à menos que Deus queira falar. Ouve-se muito dizer que “Deus falou comigo”, a verdade é uma só – Deus fala quando quer falar, se quiser falar, com quem quiser falar e sempre com propósito de edificar o Reino Dele na Terra, e nunca para confirmar propósitos humanos. E de que forma Deus fala? Através da Sua Palavra, e ainda que seja pela boca de seus profetas, nenhuma profecia é digna de aceitação se contraria os princípios bíblicos eternos. Princípios como: “A benção do Senhor trás riquezas e não acrescenta dores”, “Deus não é homem para mentir, nem filho do homem para se arrepender”, “Em Deus não há sombra de variação”, “Deus odeia o divórcio”, “Sejai submissos às autoridades porque são constituídas por Deus”, etc...e o que passa disso, é humano, terreno, animal e diabólico, invencionices para encobrir culpas, rebeliões e justificar o desejo de ceder às próprias vontades. Ninguém coloca palavras na boca de Deus, até porque Ele mesmo se encarrega de não permiti-las cumprir, nem tampouco Deus se comoverá com nenhum tipo de argumento humano, Ele só tem compromisso de cumprir aquilo que Ele mesmo falou e ponto final. Desde Adão o homem tenta justificar suas decisões atribuindo a Deus a responsabilidade, mas desde a eternidade Deus conhece a sua criação e sabe muito bem lidar com ela. A verdade é uma só “aquilo que o homem semear, certamente colherá”. Há tempo para todas as coisas e quem se beneficia dessa verdade são aqueles que sabem esperar em Deus o cumprimento das promessas e também das profecias. Mais tempo ou menos tempo o que há de ser será e quem se encarregará de revelar todas as coisas é o Deus da Palavra. Esperemos Nele!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

TODOS OS PASTORES MERECEM ESSA HOMENAGEM


PR. FERNANDO

"Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus."

2Co 2 : 17

SER PASTOR

Hoje eu poderia parar e chorar...
Poderia lamentar a ingratidão...
A rejeição e a perseguição...
Mas diante destas cenas eu só posso parar, orar e posseguir lutando...
V

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

SÓ DEPENDE DE VOCÊ

“E Pedro e os que estavam com ele estavam carregados de sono; e, quando despertaram, viram a sua glória e aqueles dois homens que estavam com ele. E aconteceu que, quando aqueles se apartaram dele, disse Pedro a Jesus: Mestre, bom é que nós estejamos aqui, e façamos três tendas: uma para ti, uma para Moisés, e uma para Elias, não sabendo o que dizia.” Lc 9:32 a 33
Nenhum homem em sã consciência desprezaria um momento de comunhão com Jesus no momento derradeiro e mais importante da história da humanidade, mas assim como nos dias de hoje, os homens estão carregados de sono. Analisando este texto não é difícil compreender o que aconteceu, Pedro estava tão preguiçoso e atordoado de sono que diante da glória de Deus não conseguiu discernir o que estava acontecendo e fez uma proposta ridícula para Jesus, na intenção de manter na limitação do natural aquilo que Deus havia revelado no sobrenatural. Como se poderia conter a glória de Deus em tendas feitas por mãos de homens? Hoje multidões caminham no engano dentro das sinagogas, tempos e igrejas, usam rituais e religiosidade para atrair o coração de Deus e não conseguem discernir que só estão provocando náuseas no Pai, nada discernem, nada buscam, nada entregam, enganam-se a si mesmos, mas nunca poderão enganar a Deus. Os discípulos andaram juntinho de Jesus, mas não experimentaram nada do seu poder e nenhuma gota do Pentecoste, simplesmente porque o poder estava com eles, mas do lado de fora. Jesus morreu, foi sepultado, ressuscitou e na sua ascensão enviou um da mesma espécie, o Espírito Santo e só depois veio o derramamento do poder. Por que isso não aconteceu enquanto Jesus estava vivo em carne e tão perto? Porque o poder estava do lado de fora, mas no dia de Pentecoste o poder veio do céu e passou a agir dentro dos homens, e foi neste enchimento que o avivamento se manifestou. Homens cheios do Espírito Santo nunca estarão carregados de sono, mas homens cheios de rituais já estão dormindo, e alguns até mortos. Como está sua vida com Deus? Ter a marca do sangue na testa não te garante livramento do anjo destruidor é preciso estar dentro da Casa de Deus, em família, comendo o cordeiro sacrificado e com o sangue aspergido no umbral e nas vergas da porta. Seu compromisso com Deus deve ir além da sua religiosidade. Sem santificação NINGUEM verá a Deus.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

ULTIMOS DIAS

Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.” Sl 27:8
Extasiada, fascinada, encantada, deslumbrada... assim a noiva deve se apresentar diante do Senhor! Há da parte de Deus um anseio por estar com seus filhos escolhidos e uma sede em seu coração de beber das águas da adoração sincera, mas são tão poucos os servos que compreendem isso e dão de beber a Ele. Os olhos do Senhor buscam sobre a Terra os adoradores que adorem em espírito e em verdade (Jo 4:23) e não os encontra. Ser um adorador legítimo não é privilégio de uns, nem exige requisitos humanos, é um estilo de vida adotado por aqueles que amam até as últimas conseqüências. Certa vez ouvi alguém dizer que “fanático é aquele que ama a Deus mais do que você” e entendi que o adorador excede naquilo que os religiosos retêm. Não há como tocar o coração de Deus com uma oferta de Caim se o que Ele espera é uma oferta de Abel, nem como atrair o Seu olhar com uma oferta de Saul se Ele espera uma oferta de Abraão, Deus só recebe aquilo que Ele santifica. O Espírito Santo está gemendo ansiando por adoradores que queiram comunhão com Ele, este anseio é por estar junto mas também para um novo derramar de poder que marcará esse tempo profético na vida da igreja de Cristo na Terra. Aos ouvidos atentos dos adoradores é muito claro o som do shofar convocando os adoradores, um som cheio de santidade e poder, tão excelente que homens carnais e terrenos não conseguem ouvir e por isso desprezam. Não há sentido na conversão se a vida for vivida longe dessa Presença. Não se explica ir à Casa de Deus sem desejo de banquetear com o Rei, sem paixão pela sua companhia, sem ânsia pela sua Presença. A igreja de Cristo, a noiva, se afastou do seu propósito original e para substituir a comunhão que perdeu criou para si rituais e religiosidade, que soam como sino que tine, completamente sem sentido algum. Volta! Volta para a essência da adoração e ao destino que Deus determinou, só assim seremos felizes, só assim viveremos para a glória do Pai.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

ME CALAREI

“A minha alma espera somente em Deus; dele vem a minha salvação.” Sl 62:1
Eu me calarei! Diante dos fatos e das circunstâncias eu me calarei, mesmo que tudo ao meu redor fale, eu me calarei, só para ouvir a Deus. Há um Deus ainda não desvendado aos homens comuns, porque homens comuns desejam coisas comuns e se contentam com coisas comuns. A estes Ele não se revela. A estes Deus fala em sonhos, mas há aqueles a quem Deus fala como quem fala a um amigo, a estes Deus se deixa desvendar. A revelação desta grandeza, altura e profundidade de Deus não está nas bênçãos que Ele pode realizar, mas na face que Ele pode revelar. Porque não faz a todos? Porque nem todos desejam. Existe um único lugar onde a sarça arde, onde o destino do homem se encontra com a grandeza de Deus, homens incomuns são atraídos para este lugar e são desnudados pela glória de Deus. A sarça ardente não é o ponto de chegada, mas o ponto de partida. Não há vida cristã válida e útil quando a busca se resume em querer algo de Deus, mas em querer Deus para viver algo. Há gerações os homens têm conhecido o caminho da fé que leva a Deus, mas agora Deus está revelando um novo caminho, o caminho da adoração que leva ao trono e alcança o coração de Deus. Por este caminho vão os adoradores, não os cantores, nem os religiosos. Pelo caminho da adoração os incrédulos, infiéis, desleais, ingratos, descomprometidos não passam, pois nele o fogo refinador arde continuamente e palha, feno e madeira se consomem, mas o ouro é refinado e se torna instrumento útil para o serviço do reino. Este é um tempo profético que Deus preparou, vestiu seus ministros labaredas de fogo e neste tempo os profetas separados se moverão na fúria dos ventos e na força de um furacão, porque viram a face do Rei.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

EBENEZER


Até aqui nos ajudou o Senhor...

ULTRAPASSAMOS 16.000 ACESSOS

Obrigada seguidor, obrigada visitante!

Que Deus te abençoe ricamente e te conserve em vitória.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

REI MORTO REI POSTO!

“No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo.”Is 6:1
O Profeta Isaias faz neste versículo uma declaração importante que merece ser observada e muito bem observada como lição para nossas vidas. Nós servos de Deus vivemos na Terra sob o comando de um governo humano, mas na verdade somos cidadãos dos céus e o governo sobre nossas vidas é monárquico e sobrenatural, temos um e único Rei - Jesus Cristo. Isto é o que cremos e esperamos, porém é humano e comum nossos olhos se voltarem para uma infinidade de circunstâncias, situações e pessoas que acabam por se tornarem fatores de governo sobre nossas vidas e quando isso acontece depomos o Rei Jesus do seu lugar de governo e o substituímos por um rei humano que criamos para adorar. Parece impossível, mas não é, diariamente estabelecemos reis para servirmos e 100% destes reis são criados porque satisfazem nossa natureza humana, terrena e animal. Para que Isaias conseguisse ter seus olhos abertos foi necessário que o rei morresse, foi neste exato momento que seus olhos foram abertos e a verdade da revelação de Deus para sua vida se manifestou. Não foi uma benção ou um milagre que Isaias contemplou, mas um quadro do seu destino foi desvendado quando ele teve seus olhos abertos. Nenhum homem terá uma visão plena e ampla da grandeza de Deus sem que antes destrua os reis humanos que criou. Enquanto o brilho do mundo encantar você o resplandecer de Deus não se manifestará. Nestes últimos dias Deus não está disposto a tratar com quem Ele não conhece, a resposta só virá para aqueles que conhecem a intimidade do Senhor. Destrua os reis humanos e você verá Deus.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

AMIGOS PARA SEMPRE

ATÉ BREVE

“Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão.” Pv 17:17
Quando Salomão escreveu esse versículo por certo deveria estar com seus pensamentos voltados para alguém muito especial. Hoje quero falar de alguém muito especial. Deus nos dá muitos presentes no decorrer de nossas vidas, entre eles parentes, amigos, marido, esposa, filhos, etc.. Nossos parentes são uma grata conseqüência da vida, mas nossos amigos podemos escolher. Mas existem amigos que são ainda mais especiais porque não somos nós que os escolhemos, mas eles que nos escolhem. Na minha caminhada ministerial tenho experimentado intensamente o vôo da águia, que não é uma experiência fácil porque é solitária, mas me permite ir a lugares que em bando nunca iria. E neste ministério solitário Deus que é perfeito e excelente em tudo, faz nascer no coração de alguém o desejo de ser um canal entre Deus e a águia voadora. Eu tive esse privilégio, Deus levantou dentre tantas mulheres amadas, uma muito especial, ela nem passava muito tempo comigo, para falar a verdade a gente se encontrava muito pouco, mas a oração dela pela minha vida estava continuamente diante do Pai, ela era minha intercessora. Não a conheci muito bem, não sei se ela gostava mais de doces ou salgados, nem qual era a sua cor preferida, não sei se ela teve uma infância feliz ou não, na verdade sei muito pouco dela, mas sei que ela me escolheu, e orou anos e anos pela minha vida e que sempre esteve numa posição de honra diante do Pai como intercessora. Mulher preciosa, e de tão preciosa que era Jesus Cristo a convidou para o banquete de ontem à noite. Eu sei que antes dela entregar seu espírito, pediu que outra intercessora fosse levantada para estar diante de Deus orando por mim, isso é lindo e me faz querer continuar voando alto. Eu sei que em todo tempo em que esteve aqui sempre manteve aceso no seu coração o desejo de ver a face do Rei, chegou a hora. Assim com Ester se perfumou e se preparou, ela também o fez e o rei abaixou o cetro e ela está com Ele agora na sala do trono. Obrigada!
“Ser amigo é para sempre, como eterno é o Nosso Deus, como amigo nos diremos até breve e não adeus!”

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

QUE AMOR É ESSE?

“Assim como os olhos dos servos atentam para as mãos dos seus senhores, e os olhos da serva para as mãos de sua senhora, assim os nossos olhos atentam para o Senhor nosso Deus, até que tenha piedade de nós.” Sl 123:2
Quantas vezes você já parou para pensar na dimensão do amor de Deus por você? Pode ser que hoje, ou esta semana, talvez este mês, você não tenha parado para pensar nisso, pois eu te aconselho a parar agora e por um instante tentar dimensionar esse amor. Volte toda sua atenção para a cruz do Calvário e se coloque no lugar de Deus Pai presenciando seu filho unigênito padecendo as dores da morte e ao mesmo tempo contemplando você e eu, sabendo que poderia escolher, e escolheu. De um lado um filho único sem pecados e inocente e do outro eu e você com nossos pecados, condenações e toda a miséria da raça humana. Diante deste quadro Ele fez a sua escolha, escolheu amar homens e mulheres perdidos, condenados e que O odiavam e permitir que a última gota de sangue de seu Filho fosse derramada para remissão dos nossos pecados. Que amor é esse? Porventura Deus precisa fazer alguém prosperar para ser amado? Precisa curar para ser amado? Precisa solucionar problemas para ser amado? Não, Ele não precisa! Tudo o que fez já é suficiente para que seja amado para sempre e sempre, então porque não é amado como deveria? O amor de Deus por nós é suficiente para que por gratidão nossa vida seja uma oferta diária de amor a Ele e mesmo que Ele não realize um só milagre durante toda nossa existência, ainda assim Ele já fez muito e merece todo nosso amor. Não há métodos que garantam uma vida abundante, mas há uma atitude que certamente resultará numa vida abundante - uma vida de entrega. Homens tentam criar meios e estratégias para mover a mão de Deus, mas a mão de Deus só se move através a vida de comunhão, intimidade e acima de tudo anseio pela Sua Presença, sem isso todo esforço é vão e nulo. Desespero, medo, depressão, gritos, lágrimas, nada disso não move o coração de Deus, mas um coração contrito e quebrantado Ele não desprezará. O que falta para que a vida seja abundante? Falta disposição de ser e fazer o que Deus determina. Coloque seus olhos Neles e deixe que o brilho desse mundo se apague. Que Deus te abençoe!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

SACRIFICAR O SONHO

“Mas o anjo do Senhor lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho.” Gn 22:11 e 12
Tantas vezes já ouvimos falar da experiência que marcou a trajetória de Abraão como o pai da fé. Não foi pequena a atitude, coragem e determinação que o levaram ao alto daquele monte levando como oferta de sacrifício um bem de tão alto valor. O coração de Abraão deve ter ficado pequeno diante do desafio, e posso imaginar a dor que invadiu seu intimo, mas o que ardia no seu coração era maior do que qualquer vale de lágrimas que pudessem fluir de seus olhos. O olhar de Isaque deveria ser como uma pergunta sem resposta para Abraão, era necessário buscar força onde não existia para concluir aquela entrega, ir até o fim era como trilhar uma vida inteira numa noite fria e escura, mas era necessário ir até o fim. Abraão tinha a esperança de um milagre, mas não sabia como aconteceria, e toda a fé que tinha disponível foi colocada diante de Deus naquele momento, todas as reservas de fé foram colocadas junto com Isaque sobre o altar do sacrifício. A situação era realmente definitiva e desafiadora. No momento exato, determinado por Deus o anjo bradou. Louvado seja Deus porque o anjo bradou e aquele brado definiu o rumo daquela situação, poupando a vida de Isaque e provendo um cordeiro para o sacrifício. Fico maravilhada com a forma com que Deus age e como escreve uma história cheia de detalhes para cada pessoa. Às vezes nossa fé é levada ao seu limite máximo, ficamos esperando o anjo bradar e ele não libera o brado e o sacrifício tem que ir até o fim. Isaque havia sido o sonho do coração de Abraão que se tornou realidade e naquele momento estava pronto para ser colocado como oferta de sacrifício e poderia não ser poupado. Muitas vezes o anjo não brada e temos que ir até o fim com nossa oferta. Não é fácil sepultar sonhos, mas pode ser necessário se o que arde no coração é maior que os nossos sonhos. Mesmo que haja apenas cinzas devemos crer que mesmo das cinzas Deus pode levantar algo novo. Todo esforço tem uma recompensa, espere no Senhor e no Seu tempo Ele agirá.

OBRIGADO

ULTRAPASSAMOS 15.000 ACESSOS

ESTE BLOG É ABENÇOADO PORQUE VOCÊ É UMA BENÇÃO!

OBRIGADO VISITANTE

OBRIGADO SEGUIDOR

SUA PARTICIPAÇÃO É MUITO IMPORTANTE

DEUS TE ABENÇOE!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

JESUS SE PÔS EM PÉ


"E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus." At 7:56
A vida é feita de escolhas que determinam o futuro, entre todas as escolhas que podemos fazer, apenas uma é essencial e indispensável, escolher Jesus Cristo para ser Senhor e Salvador de nossas vidas. Feita esta escolha tudo em nossa vida se transforma, a esperança é nossa companheira, a fé nosso combustível e as promessas nossas metas a serem alcançadas. Mas nesta caminhada de realizações, os desapontamentos, frustrações, decepções e adversidade também nos acompanham e muitas vezes nos roubam o animo de continuar. É necessário compreender que tanto as conquistas como as lutas fazem parte do caminho do crescimento e da vitória. Não há como chegar em Canaã sem passar pelo deserto, é um designio de Deus! Os desafios e contrariedades vão nos dando condições de voar voôs ainda mais altos. No texto de Atos 7, vemos a trajetória de um homem cheio do Espírito Santo de Deus que dedicou sua vida a servir e obedecer. Assim como nós, Estevão também esperava que pela sua dedicação a servir a Deus e abençoar os homens rebeceria gratidão como recompensa, mas não é isso que vemos. Houve um momento decisivo e definitivo na vida de Estevão em que ele se viu cercado por homens irados que desejavam sua morte. Olhe através dos olhos de Estevão e contemple aquela situação. Ele sozinho, cercado por uma multidão que o odiava, pronta para apedrejá-lo, não havia saída. Mas essa não é uma verdade definitva, sempre há uma saída quando estamos no centro da vontade de Deus. Estevão estava vivendo um momento terrível mas Deus estava lá! Naquele momento o mais esperado era que Estevão se desesperasse e tentasse fugir ou clamasse por misericórdia, mas não foi o que ele fez, Estevão simplesmente decidiu olhar para Deus. O texto diz que ele contemplou Jesus Cristo à direita de Deus em pé, e naquele momento, diante daquela visão o rosto de Estevão parecia a face de um anjo, tamanha era a glória refletida nele. Quando a glória de Deus se manifesta o brilho do mundo se apaga, a gloria dessa terra se torne em nada, e todos os problemas dos maiores aos menores são reduzidos a nada, porque a glória de Deus é tudo que precisamos e desejamos naquele momento. Jesus se levantou, isso é maravilhoso! Entre a dificuldade, os acusadores, a morte e Estevão, estava um Deus em pé decidindo a vitória do seu servo. Saiba que hoje, entre você e todas as difiuldades que possam vir, há um Deus em pé decidindo o seu destino. Estevão contemplou a face do Rei e para ele nada mais importava, as pedradas não feriam, o corpo ferido não importava, porque ele contemplava a face do Rei que o aguardava para a sua vitória final. Da mesma forma hoje, Jesus Cristo está em pé e pode decidir seu destino, olhe para Ele e contemple a sua face e vença. Deus abençoe!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

DEUS É

“O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.” Sl 23:1
Que linda declaração do salmista Davi em reconhecimento ao cuidado de Deus. A comparação do salmista não é sem propósito, ele poderia ter escolhido qualquer outra função para descrever o cuidado de Deus com seus filhos, mas escolheu “pastor”. Davi era pastor de ovelhas e melhor que ninguém sabia até que ponto um pastor poderia se sacrificar em favor de suas ovelhas, quantos perigos e riscos seria capaz de assumir para proteger seu rebanho. Deus é assim, cuida de nós dia e noite e nos abençoa e livra tantas vezes por dia que nem podemos contar ou sequer imaginar. Mas há um mistério ainda maior nesta declaração, que não está tão explícito, mas é uma verdade única – “O Senhor é”. Esta afirmação só pode ser feita por alguém que conhece, já experimentou e confia plenamente em Deus, digo isso por que o verbo nesta frase aponta para uma certeza de cuidado e também de reconhecimento da plenitude da vida de Deus, da sua grandeza e do seu poder. Quando entendemos que Deus é, as outras circunstâncias e situações da vida são reduzidas a nada, e o brilho deste mundo se apaga, compreendemos que tudo está Nele e por intermédio Dele tudo foi, é e será. Porque esta verdade é essencial na nossa vida? Por que quem tem Jesus Cristo como Senhor Salvador tem dentro de si todo poder de posse e conquista sobre a Terra. A Terra não contém a grandeza de Deus, mas está contida dentro desta grandeza. Se hoje você me perguntasse o que Deus é? Eu diria que Ele é tudo que você precisa que Ele seja. Todas as vezes que você se achega a Deus e pede algo, Ele sempre vai te revelar Jesus Cristo. O povo de Israel queria água e Deus revelou a rocha, talvez no coração tenham questionado o porquê de pedirem água e receberem uma rocha como resposta? Por que na rocha há água! Jesus Cristo é a rocha que contém água viva, mas também contém resposta para tudo o que necessitamos, Ele é a resposta! Entender os planos e propósitos de Deus é essencial para uma vida de realizações e o caminho mais curto para viver as promessas. Não compreender este processo é passar pela vida sem viver seu destino profético e sem experimentar o melhor desta Terra. Que Deus te abençoe!

OBRIGADO JESUS!!!!


ULTRAPASSAMOS 14.000 ACESSOS


ISSO É MARAVILHOSO!!!

OBRIGADA VISITANTES...

OBRIGADA SEGUIDOR...

VOCÊ É UMA BENÇÃO DE DEUS PARA ESTE BLOG

CONTINUE SEGUINDO E VISITANDO E DEUS CONTINUARÁ FALANDO COM VOCÊ

DEUS TE ABENÇOE!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

VALE A PENA ASSISTIR - LINDO!

AINDA QUE CANSADO

"Era, porém, Josué já velho, entrado em dias; e disse-lhe o Senhor: Já estás velho, entrado em dias; e ainda muitíssima terra ficou para possuir." Js 13:1
Este texto bíblico é hoje para sua vida uma palavra de encorajamento. Estamos caminhando para o final de mais um ano e tantas coisas já se passaram, tantos desafios foram vencidos e alguns ainda estão adiante de nós. É certo que a caminhada não é feita apenas de alegrias e glórias, convivemos também com perdas e fracassos, o que não é incomum porque nenhum homem vive e cresce experimentando apenas vitórias, as quedas, erros e fracassos fazem parte do processo de crescimento saudável, tanto na vida secular como na vida espiritual. Porque hoje Deus deseja que você medite neste texto e na experiência vivida por Josué? Por que serve como exemplo e também de encorajamento para continuarmos lutando. O texto diz que Josué já estava "velho e entrado de dias", mas vamos traduzir este termo como "cansado e esgotado pela caminhada", assim podemos nos identificar e trazer para nossa realidade o sentimento que Josué experimentava naquele momento. Deus nos prometeu vitórias, mas não sem batalha; prometeu-nos conquistas, mas não sem luta; prometeu-nos vida eterna, mas não sem arrependimento; prometeu-nos reinar em vida, mas não sem esforço. Veja que para cada promessa, há uma condição e para cada condição uma porção de graça capacitadora que nos permite alcançar um lugar no podium. “Ainda há muitíssima terra para possuir”, ainda há para você muitas alegrias para serem experimentadas, surpresas reservadas e mistérios ocultos do coração de Deus, mas para vivê-los é preciso perseverar. Cansar podemos, desistir não! Ainda que cansados (as) o melhor a fazer é esperar no Senhor, porque a seu tempo Ele se levantará em nosso favor. Há descanso para nós em Deus, há um lar e uma eternidade aguardando, podemos desejar voltar para casa, mas isso só será possível quando tudo estiver terminado e todas as promessas cumpridas. Espere no Senhor e Ele te fortalecerá.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

NÓS SOMOS FORTES E NÃO DEVEMOS FAZER ALIANÇAS COM O INIMIGO

"Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?"Am 3.3
Todos os visitantes deste blog puderam ler minha manifestção de repudio e protesto à atitude do dito bispo Edir Macedo, quando o mesmo se refere à sua posição declarada a favor do aborto. No vídeo que revela sua essência em nada parecida com Jesus ou seus ensinamentos, trata a vida inocentes como objeto de descarte, sem valor e importância.
A candidata petista da mesma forma em entrevista á revista Gente deixou claro ser favorável ao aborto sugerindo inclusive que o assunto fosse tratado como questão de saúde pública, viabilizado o acesso de mães assassinas à cuidados públicos para finalizarem seus crimes. Penso que no entendimento de ambos o pensamento é o mesmo: Se não conseguimos vencer o erro melhor dar-lhe vestimentas de coisa certa - legalizando.
Muito bem... Somos cristãos mas não somos tolos, nem tampouco ignorantes dos nossos direitos e o poder que temos nas mãos através do voto. Esteja atento ao que está acontecendo e á peçonha que estas pessoas destilam, indiscriminadamente.
"Ao mesmo tempo o PT buscou o apoio de várias lideranças de igrejas evangélicas. Organizou um ato de apoio de líderes religiosos à sua candidatura na quarta feira e estimulou que eles se pronunciassem publicamente em favor de Dilma. Foi o que fez por exemplo o bispo-mor da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo" Extraído da matéria do Estadão de 01/10/2010 - acesse: www.estadao.br.msn.com/ultimasnoticias
PERGUNTO: Se Dilma se declara contra o aborto e Edir Macedo favorável, como podem um apoior o outro?
Bastou o menor sinal da igreja evangélica contra as sutilizas e ardis do inimigo para que o discurso fosse mudado e as palavras antes declaradas como convicção e coisa decidida se tornarem cheias de mel e açucar para adoçar a boca dos menos informados. Deus não se deixa escarnecer e espada forjada contra a Igreja de Cristo não prosperará.
Os 7.000 que não se curvaram decidiram mostrar a força que têm...eu decido dizer não à INIQUIDADE! DIGA NÃO VOCÊ TAMBÉM!
IGREJA DE CRISTO SEJA FORTE E VALENTE E DEFENDA SUA POSIÇÃO....
IGREJA NÃO SE DEIXE LEVAR PELA CANTIGA ENGANOSA DE HOMEM NENHUM - ORE E PEÇA A DEUS DISCERNIMENTO PARA UM VOTO CONSCIENTE.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

NO VALE DA DECISÃO

"Os céus são os céus do Senhor; mas a terra a deu aos filhos dos homens." sL 115:16
Desde a criação Deus deu ao homem uma esfera de domínio sobre a Terra, lançando sobre a humanidade uma autoridade espiritual que nos dá poder de governo sobre a Terra -"E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra." Gn 1:28. Este texto nos ensina que quando Deus criou a Terra e tudo o que nela há, na verdade estava criando um ambiente favorável para que o homem pudesse viver e se desenvolver como obra prima da Sua criação. Delegou poder aos homens para que cuidassem e administrassem o que está na Terra. São palavra de ordem, mandamentos que devem ser obedecidos e desfrutados: Frutificai e multiplicai, sujeitai e dominai. Estes mandamentos são um legado e independente de ser homem justo ou ímpio, os mandamentos nos cobrem a todos, assim como o amor de Deus manifestado através de Jesus Cristo. Não se trata de uma benção individual, mas sim coletiva que alcança até mesmo aqueles que ainda não são filhos de Deus (Jo 1:12). Da mesma forma que o privilégio de governar sobre a Terra está nas nossas mãos, também a consequencia de não governar corretamente recairá sobre nossos ombros. Um bom exemplo disso é a Rainha Ester, que nasceu plebéia, se tornou orfã, não era nobre, mas por designio de Deus foi introduzida no palácio do rei Assuero e escolhida como sua preferida, mas não sem propósito. No tempo e no momento extato foi exigido dela que exercesse seu papel como rainha e salvasse todo povo judeu. Ser rainha era um privilégio, mas todo privilégio trás consigo responsabilidades. Da mesma forma acontece na minha e na sua vida, estamos na eminência de através do nosso direito e privilégio de cidadãos autorizados por Deus, decidirmos o destino de nossa nação. Nenhuma nação é abençoada se Deus não estiver no trono governando "Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança." Sl 33:12. Existem muitos projetos na eminência de serem votados que confrontam e ferem os princípios bíblicos, trazendo uma espada de vergonha e iniquidade sobre nossa nação. Tudo o que a Bíblia condena deve ser por nós também condenado, porque Deus é de eternidade em eternidade e jamais se moderniza, o que era pecado no passado, continua sendo pecado ainda hoje. Deus não vai enviar anjos para fazer aquilo que Ele confiou nas nossas mãos, nem tampouco vai ter por inocente aquele que se calar ou se dobrar à iniquidade. Você é a caneta que Deus vai usar para escrever a história desse pais nestas eleições, use seu direito com sabedoria, retidão e santidade. Ore e pergunte a Deus quem são os melhores representantes para esta nação e não se deixe levar por nada que seja contrário à Palavra de Deus. Que Deus te dê sabedoria!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

INDIGNADA COMPLETAMENTE INDIGNADA

QUE DEUS O JUSTO JUIZ JULGUE E DECIDA QUANTO SE DEVE PAGAR PELO SANGUE DE UM INOCENTE

EU SÓ GOSTARIA DE SABER DA CRIATURA EDIR MACEDO SE ELE PODERIA FAZER UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE A SITUAÇÃO DE MARIA, SUA REALIDADE, E OS RISCOS QUE ELA CORREU QUANDO POR INTERMÉDIO DO ESPÍRITO SANTO FOI ESCOLHIDA PARA DAR A LUZ A UM MENINO, SENDO ELA AINDA VIRGEM NUMA SOCIEDADE ONDE ESSA REVELAÇÃO PODERIA LHE CUSTAR A VIDA.

SERÁ QUE ELA DEVERIA TER ABORTADO? NÃO SERIA O CAMINHO MAIS SIMPLES PARA RESOLVER SEU "PROBLEMA"? PENSO QUE NAO, SEM JESUS A SUA VIDA NÃO SERIA A MESMA...NÃO É? AFINAL O NOME DE QUEM VOCÊ USARIA PARA SE PROMOVER?

UMA OUTRA PERGUNTA, TAMBÉM BASTANTE SIMPLES:

SUA MÃE TEVE 33 FILHOS, MAS PELO QUE CONSTA NÃO ABORTOU NENHUM, MAS PODERIA TER ESCOLHIDO ABORTAR O VOCÊ, AFINAL DE CONTAS ELA TINHA MOTIVOS SUFICIENTES PARA FAZER ISSO, ERAM MUITOS FILHOS PARA CRIAR (SEGUNDO SUA CONCEPÇÃO DE VALORES), E SE ELA TIVESSE ABORTADO VOCÊ, O MUNDO TERIA PERDIDO ALGUMA COISA? PENSO QUE NÃO...

SOU CONTRA O ABORTO E CONTRA TUDO O QUE DEUS CONDENA!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

PARABENS VISITANTES E SEGUIDORES


ULTRAPASSAMOS 13.000 ACESSOS

APLAUSOS PARA VOCÊ QUE TEM ESTADO AQUI VISITANDO E SEGUINDO O BLOG ALEGRIA NO AMANHECER ...OBRIGADO, QUE DEUS TE ABENÇOE!

AO PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO TODA HONRA E GLORIA PARA SEMPRE!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

CRISTÃO NÃO SE MOSTRE INDIGNADO SE QUANDO VOCÊ TEM A OPORTUNIDADE LUTAR CONTRA O PECADO VOCÊ SE CALA - FAÇA SUA ESCOLHA E SEJA RESPONSAVEL POR ELA

CRISTÃOS, NÃO DIGAM QUE SEUS DIREITOS NÃO SÃO RESPEITADOS, NEM SE MOSTRE INDIGNADO DEPOIS, SE LHE ESTÁ SENDO DADA A OPORTUNIDADE DE DIZER NÃO À INIQUIDADE E VOCÊ DECIDE SE CALAR.
QUEIMAR O ALCORÃO É ESCANDALO E DECLARAR QUE A BÍBLIA NÃO É O LIVRO SAGRADO, NÃO FAZ VOCÊ SE POSICIONAR?
IGREJA - DESPERTA E CUMPRA SUA TAREFA - FAÇA DIFERENÇA!
RTA

terça-feira, 14 de setembro de 2010

ONDE ESTÃO OS DESBRAVADORES DO CORAÇÃO DE DEUS?

"E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas." Mt 14:28
Jesus Cristo enquanto esteve na Terra cumprindo seu ministério embora sendo uma divindade contido no corpo humano limitado, não se limitou às coisas naturais mas demonstrou que a sua dimensão de atuação é sobrenatural. Desde à antiguidade até os dias de hoje esta é uma dificuldade que o ser humano tem em discernir a forma como Deus age, pois sendo o homem descendente de Adão criado à partir do pó da terra, sempre inclina para as coisas terrenas e limita tudo que vê e acredita ao que é visível e terreno, mas Deus não é nem visível nem terreno. Mesmo quando esteve na Terra Jesus Cristo se mostrou sobrenatural, e a prova é esta demonstração que dá a Pedro e aos discípulos quando caminha sobre as águas. O mais encantador deste episódio não é Jesus Cristo andando sobre as águas, porque para Ele andar sobre as águas, ás nuvens, pairar no ar e desaparecer aqui e aparecer ali, para Ele não era nenhuma dificuldade, o grande mistério desse episódio é que Jesus mostrou a mim e a você que assim como Ele pode se mover no sobrenatural, se nossos olhos estiverem postos Nele e nossa fé agindo em seu potencial máximo, nós também podemos nos mover no sobrenatural. Considere esse exemplo e creia que não há limites para sua fé se você puder ousar. Pedro olhou para Jesus e ouviu seu chamado: Vem! Assim como Ele chamou a Pedro, chama a mim e a você para uma experiência sobrenatural nas águas profundas do Espírito Santo. Uma vida cristã sem experiências com o Espírito Santo é o mesmo que ir à praia e molhar os pés nas ondas que quebram na areia, não há nenhuma emoção nisso, as grandes experiências estão escondidas nas águas profundas e só quem tem coragem e ousadia para olhar fixamente para Jesus e dar o primeiro passo vai viver isso. Muitos perguntam porque Deus fez no passado e hoje não faz os mesmo prodígios? Simplesmente porque não encontra Pedros, Paulos, Elias, Eliseus e profetas que se dispõem a ir além do óbvio. Seja você o desbravador do coração de Deus e ande sobre as águas. Seja abençoado!

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

NÃO É O FIM

Todas as vezes que o diabo disse a alguém: "É o fim", ali, na verdade, era o começo dos melhores dias, das maiores vitórias, dos melhores casamentos.

O diabo disse para José do Egito, na cisterna do deserto: "É o fim!" , e Deus disse: "É o começo, José, o governo do Egito te espera."

O diabo disse para Moisés no deserto de Sim: "É o fim!" , e Deus disse: "É o começo, transformar-te-ei no libertador do meu povo."

O diabo disse a Ester no tempo de escravidão: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, transformar-te-ei na rainha dos Medos e Persas."

O diabo disse a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego na fornalha: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, vocês serão grandes governadores da Babilônia!"

O diabo disse a Daniel na cova dos leões: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, sua história mudará o mundo."

O diabo disse a Jonas, na barriga de um peixe: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, Nínive será salva através da tua pregação."

O diabo disse a João, exilado na Ilha de Patmos: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, você escreverá a maior revelação de todos os tempos - o Apocalipse."

O diabo disse a Jesus, morto na cruz: "É o fim!", e Deus disse: "É o começo, todo o poder no céu e na terra Eu entrego nas tuas mãos."

Por isso se o diabo disser a você que "É o fim!" comece a dar glória a Deus e Aleluia, porque Deus está dizendo: "É apenas o começo."

O gigante vem para anunciar que a sua vitória chegou!

SE O MEU POVO SE CONVERTER

“E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.” Mt 24: 12 e 13
Esta é uma verdade que está ressoando alto nestes dias proféticos e com certeza está incomodando muitos cristãos, porque denuncia a vida religiosa e faz transparecer a forma desleixada com que o evangelho tem sido vivido. Na minha caminhada cristã e ministerial sempre acreditei, continuo acreditando e sempre acreditarei que o evangelho de Jesus Cristo se resume em “toma tua cruz e segue-me”, muito embora os profetas corrompidos estejam pregando um evangelho mais light e menos comprometedor levando muitos a viverem nessa linha tênue que separa a verdade do engano, a realidade é esta, entre viver uma vida comprometida e de renuncias e uma vida religiosa e aparentemente reta, é evidente que os menos informados vão optar pelo evangelho das facilidades, o que é um grande erro, porque estão certos que estão indo para o céu e vão acabar errando a porta das ovelhas. Para justificar a forma descomprometida de viver usam a graça como ponto de apoio e alguns textos bíblicos para aliviar a consciência dizendo que Deus é amor, tardio em irar-se, que é um Pai amoroso e que nos ama incondicionalmente, e de fato tudo isso é verdade, mas não se iluda, o amor de Deus está na mesma medida da Sua justiça e a conseqüência da desobediência não é Deus que cobra e sim Satanás e este não sabe nem o que significa a palavra amor. A verdade é que quem trata com o pecado não é Deus é o diabo, então pecar consciente é o mesmo que convidar Satanás para deitar-se com você na cama. Não se iluda achando que vai driblar os mandamentos santos e eternos e Deus vai te olhar e dizer: Criança é assim mesmo! Deus simplesmente vai deixar que a justiça seja estabelecida na mesma proporção do amor, ou seja, plenamente. Não há outra forma de viver a vontade de Deus senão em obediência plena e absoluta. Deus ainda exige santidade, Deus ainda exige que seu povo seja separado, Deus ainda exige comunhão e consagração, Deus ainda exige amor ao próximo, Deus ainda odeia o divórcio, Deus ainda abomina quem semeia discórdia entre os irmãos, Deus ainda repudia a mentira e a injustiça, Deus ainda exige que seu povo viva em unidade e congregue, Deus ainda exige que os adoradores adorem em espírito e em verdade, Deus ainda ama o pecador mais odeia o pecado, Deus ainda exige sacrifício de adoração, Deus ainda exige ser amado com todo coração, alma, entendimento e ao próximo, Deus ainda exige um coração puro e tudo o que a Bíblia diz que Ele exige. Deus não negocia, Ele ama e está sempre disposto a derramar o seu amor, mão não fará isso se não encontrar um coração inteiramente Dele. As igrejas estão sendo atacadas por crentes interesseiros e profetas corrompidos, Deus não tem compromisso com nada disso. Chega de desculpas, justificativas e superficialidade, chegou o tempo de denunciar atos e atitude que ferem o coração de Deus. Eis me aqui Senhor!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

NINGUEM É PERFEITO

ABRAÇANDO A IMPERFEIÇÃO...

Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.


Naquela noite longínqua, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.


Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.


Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse:
" - Amor, eu adoro torrada queimada..."


Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse:
" - Companheiro, sua mãe teve um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada... Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro!"

O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.


Essa é a minha oração para você, hoje.


Que possa aprender a levar o bem ou o mal colocando-as aos pés do Espírito Santo. Porque afinal, ele é o único que poderá lhe dar uma relação na qual uma torrada queimada não seja um evento destruidor."
De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos, colegas e com amigos.


Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio. Veja pelos olhos de Deus e sinta pelo coração dele; você apreciará o calor de cada alma, incluindo a sua.


As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse. Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

POR SUA FAMÍLIA LEIA ISSO

Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.

De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.

Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Por quê?"
Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.
Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.

Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.

No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.

Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.

Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possivel. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para prepar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.

Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.

Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a idéia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio" ,disse Jane em tom de gozação.

Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo "O papai está carregando a mamãe no colo!" Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio" Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ônibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.

No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado.

No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.

No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei.

Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse "Todos os meus vestidos estão grandes para mim". Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.

A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso... ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração..... Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.

Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse "Pai, está na hora de você carregar a mamãe". Para ele, ver seu pai carregando sua mãe todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de idéia agora que estava tão perto do meu objetivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.

Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: "Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo".

Eu não consegui dirigir para o trabalho.... fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de idéia...Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela "Desculpe, Jane. Eu não quero mais me divorciar".

Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe.

A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouví-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.

Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A atendente me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe".

Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama, infelizmente era tarde demais ela havia falecido.
Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando a vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio - e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.

Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício a felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

NÃO DESAFIE DEUS

Nossa vida é feita de montes e vales e viver estável nestas duas realidades só é possível através de uma vida de plena e perfeita comunhão com Deus.
Não há como negar que nestes dias está se cumprindo o que diz as escrituras “Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.”Mt 24:10 a 13. Assim como está previsto nas escrituras, muitos estão desistindo diante dos desafios. Culpar Deus pelos fracassos é o caminhos mais simples, transferir a culpa para outras pessoas é o mais óbvio, mas assumir suas falhas e corrigi-las é o único caminho correto, mas isto poucos desejam fazer. O que mantém o amor por Deus como chama queimando diariamente é uma vida de busca e intimidade. Ninguém poderá ver a Deus se não através de uma vida de santidade. A igreja tem depositado nos ombros de seus ministros e profetas a responsabilidade de lhes levar até o lugar onde os milagres se manifestam, mas isso é impossível. Este é um caminho que só pode ser percorrido no secreto e solitário caminho da oração, palavra, jejum, e comunhão e este preço poucos querem pagar. Uma vida rasa, e superficial de idas e vindas à igreja por mera religiosidade não só destrói a vida do crente como também afeta a igreja de Cristo e o Reino de Deus. A própria igreja com seus crentes tem sido responsável pelo retrocesso do Reino de Deus na Terra e a este comportamento dá-se o nome de APOSTASIA. Alguns querem negar, outros tentam se defender, mas a verdade é esta a apostasia está entrando pelas igrejas e assolando a noiva de Cristo, soprando a chama do altar e destruindo os altares de sacrifício. A igreja espera um evangelho de facilidades enquanto Deus propõe sacrifício. Deus não se deixa escarnecer “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará” Gl 6:7. Deus tem levantado profetas para anunciar a esta geração que Ele não deve ser desafiado nem tampouco sua obra realizada desleixadamente, porque nos pedirá conta do tempo, do talento e do tesouro que confiou nas nossas mãos, e não seremos tidos por inocentes se não houver frutos para serem entregues como prova do nosso trabalho. Se as lutas dessa vida são um motivo para desistir é porque você nunca conheceu o amor de Deus, reveja sua conversão e certifique-se que realmente é salvo. Que Deus o abençoe!

OBRIGADO


ULTRAPASSAMOS 12.000 ACESSOS

SE ESTE ESPAÇO É UM SUCESSO É PORQUE VOCÊ É UM SEGUIDOR E VISITANTE MUITO ESPECIAL

OBRIGADA...

CONTINUE ACESSANDO E INDIQUE PARA SEUS AMIGOS E FAMILIARES.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

O FAVOR DO REI

“Como o rugido do leão jovem é a indignação do rei, mas como o orvalho sobre a relva é a sua benevolência” Pv 19:12
Conhecer a Deus é mais que saber quem Ele é, exige de nós a disposição de aproximar Dele e desvendar os mistérios profundos do Seu coração. Deus é infinito em sabedoria, poder, autoridade e verdade, Ele é a verdade, e nós não devemos nos contentar apenas em saber de suas qualidades mas devemos experimentar destas qualidades. A justiça de Deus em nada se compara a justiça do homem, até porque o homem nunca será justo em seus julgamentos, e se há no homem alguma justiça essa é fruto da justificação feita pelo sangue de Jesus. Deus por meio de Jesus Cristo manifesta Sua justiça sobre a Terra e essa justiça é temperada com amor, assim como o amor é temperado com justiça, isso faz com que o julgamento de Deus seja perfeito e equilibrado e infinitamente superior aos julgamentos humanos que sempre vêem impregnados de vestígio de pecado. A justiça de Deus é justa e o amor de Deus ama de verdade. Veja como Salomão descreve o favor do rei: “indignação como rugido de um leão jovem”, isso significa que quando Deus se mostra indignado a força de seu julgamento é a manifestação do vigor da sua justiça, mas seu amor : “como orvalho sobre a relva” , uma manifestação suave e mansa de cuidado, proteção e bondade. Dois lados de um mesmo Deus que ama e julga retamente. Nós podemos escolher estar debaixo do favor de Deus e descobrir a intensidade do seu amor e da sua justiça, mas para isso precisamos conhecê-lo inteiramente. Deus não pode ser totalmente desvendado porque não há limites para o seu poder e agir, mas nós podemos nos aproximar Dele e conhecermos a vontade perfeita do seu coração. Sinta-se desafiado hoje a ir além do véu do templo e descobrir o que há reservado para você, experimente a benevolência do rei. Que Deu te abençoe!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

DEUS NUNCA ESTÁ ATRASADO

“Porque ainda um pouquinho de tempo, e o que há de vir virá, e não tardará. Mas o justo viverá da fé; e, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma.” Hb 10:37 a 39
Estas são Palavras de fé e encorajamento narradas para sustentar nossa vida em perseverança contínua. Em nosso Deus não é engano e não há mentiras, Ele é um Deus que fala e cumpre suas promessas. Embora os homens limitem o tempo em passado, presente e futuro, Deus não tem esta perspectiva, o tempo de Deus é a eternidade. Quando buscamos a Deus e apresentamos nossos anseios e necessidades, dentro da nossa limitação estabelecemos prazos que se encaixam neste relógio humano, mas Deus não está limitado ao tempo, ao contrário o tempo se submete a Ele. Sempre e em todo tempo Deus é Soberano e a sua soberania lhe dá condições para olhar de uma só vez o processo do milagre que vai acontecendo em nossa vida. Aquilo que vamos conhecendo parte por parte, Deus contempla de uma única vez. Por isso a palavra de Deus nos adverte a não estarmos ansiosos, e porque Deus fala isso? Exatamente porque Ele sabe o final da história e nós não. O medo caminha junto com a incredulidade e a incredulidade é a prova de que não confiamos plenamente em Deus. Se confiamos em Deus devemos crer na sua Palavra que diz : NÃO TEMAS. Porque Deus diria a você não temas, não esteja ansioso, cabe a cada dia o seu próprio mal, etc.? Exatamente porque Ele sabe que se nós formos fiéis à Sua Palavra tudo nos irá bem e teremos êxito em tudo, pois este é o único destino esperado. Não seja incrédulo – “Na vida do será nunca é”, ou seja, pela mesma porta que entra a dúvida sai a certeza, e sem certeza não há fé atuante. O desafio de hoje é crer que Deus nunca está atrasado e que pela fé alcançamos as promessas. Deus abençoe!

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O MELHOR CONSELHO - A MELHOR ESCOLHA

"Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do Senhor permanecerá." Pv 19:21
Mesmo que você seja totalmente capaz de tomar decisões e fazer escolhas para sua vida, é sábio buscar em Deus o conselho em todo tempo para cada decisão a ser tomada, seja ela grande ou pequena. No livro de Provérbios encontramos muitas palavras de sabedoria que ficaram registradas para nortear nossas decisões e entre muitas há uma que diz "Há caminhos que ao homem parece ser bom, mas no final são caminhos de morte". Nosso coração é malicioso e inclinado para as coisas terrenas, muitas vezes nos leva a tomar decisões que aparentemente são acertadas e por fim descobrimos que eram engano e pecado. Não confie no seu próprio entendimento, busque em Deus e na Sua Palavra a resposta para seus questionamentos. Deus jamais iria nos colocar na terra e nos deixar desamaparados sem saber como proceder no nosso dia a dia, para isso escreveu um manual infalível - a Bíblia. Infelizmente, nós muitas vezes ignoramos o manual, na falsa esperança de que sabemos como fazer e acabamos por perecer. Deus nunca erra e nem tampouco nos dá pistas falsas, Ele sempre acerta e sabe como nos dirigir nas tortuosas estradas da vida. Se estivermos atentos à sua voz e obedientes ao seu conselho, tudo nos irá bem, porém se desprezarmos seus ensinamentos seremos surpreendidos no dia mau. Não existe sobre a Terra um homem sequer que possa surpreender Deus, ou realizar algo que Deus já não tenha presenciado, porque Ele era, é e será, ou seja, nós vivemos passado, presente e futuro, mas Deus não, Ele vive a eternidade, para Ele o que era é, e o que será também já foi. Desta forma o melhor a fazer é consultar o Pai e perguntar qual deve ser o passo seguinte em qualquer área da sua vida. Aceite esse conselho e comece hoje a desfrutar das bençãos eternas do Senhor.

OBRIGADO

ULTRAPASSAMOS 11.OOO ACESSOS
A CADA SEGUIDOR E VISITANTE DO BLOG
"ALEGRIA NO AMANHECER"
O MEU MUITO OBRIGADO!

SEM VOCÊS ESTE ESPAÇO NÃO EXISTIRIA

CONTINUE ACESSANDO E INDICANDO PARA SEUS AMIGOS, ASSIM PODEREMOS ABENÇOAR MILHARES DE PESSOAS

QUE DEUS TE ABENÇOE!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

UMA HERANÇA VALIOSA

"E, levantando ele os olhos para os seus discípulos, dizia: Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus." Lc 6:20
Neste episódio Jesus estava diante de uma multidão de pessoas e entre eles muitos eram doentes, enfermos, oprimidos e necessitados de um milagre. Quando Jesus se referia a eles como "pobres" talvez não estivesse se referindo á suas situações financeiras, mas ao seu estado de espírito e qualidade de fé. Pobreza que resulta em herança, não é abstinência de conforto e dinheiro, mas um desprendimento da incredulidade e um posição de fé. É bem provável que no meio da multidão houvessem pessoas como Zaqueu por exemplo, que não era pobre, ou à uma distância, observando, houvessem homens como Nicodemos que era mestre na sinangoga, quem sabe o centurião que tinha seu servo enfermo, e tantos outros homens e mulheres que encontraram com Jesus pelo caminho e estiveram entre a multidão, mas não eram pobres de posses materiais. A promessa do reino de Deus é para homens e mulheres que estabelecem um relacionamento profundo com Deus e que só é possível pelo desprendimento absoluto de toda ambição humana e aproximação das riquezas sobrenaturais. O reino de Deus não se constitui de bens móveis ou imóveis, dinheiro, prestigio, influência, pois esse é um padrão humano, e o reino de Deus é sobrenatural. O maior patrimônio do reino de Deus é constituido por almas e o maior tesouro que abriga é a pessoa de Jesus Cristo. Jesus estava ensinando que bem aventurado é aquele que se desprende de tudo e não tem nada por valioso por amor de Cristo, pois estes serão recompensados com o maior tesouro do céu - Jesus Cristo. Porque Deus nos oferece Jesus como recompensa? Porque quem tem o Filho tem a vida, quem tem Jesus tem todas as bençãos do reino, porque tudo o que você precisa está Nele e Ele é a fonte inesgotável que sustenta todo aquele que crê. Todas as vezes que você pedir algo a Deus, Ele te responderá revelando Jesus Cristo porque Nele estão todas as respostas. Essa é a verdade do reino de Deus e quando alcança o coração nos faz prosperar e experimentar a vida abundante. Que Deus te revele Jesus Cristo hoje e te faça herdeiro do reino de Deus para sempre.